quarta-feira, 25 de abril de 2012

Uma tela

O poeta encanta escrevendo amor. O pintor encanta, pintando amor. O poeta e o pintor não têm diferença. Cada um segue sua crença. Acreditando em sua obra, mostrando Em seus requisitos o que lhe é bonito. Ambos fazem poesia, pintando e recitando.. O poeta escreve pintando a vida. O pintor pinta fazendo poesia. O poeta pinta seus sonhos. O pintor cria sonhos aos olhos. Na tela o pintor joga suas tintas Para fazer de seus desenhos O mundo mais colorido atraído. Uma bela poesia saída do pincel. Karina uma tela pronta, Com tintas vivas e reluzentes. Céus e mares é o que cabe pra pintar. Obras divinas que Deus nos deu para se suspirar e criar.
Fotos: Kika Antunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário